Coronavírus: SES entrega 42 ambulâncias a municípios na próxima semana

Com o objetivo de dar apoio às prefeituras no combate ao Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) entregará 42 ambulâncias a municípios fluminenses, na próxima semana. A frota, viabilizadas por meio de emendas da bancada federal da legislação passada, liderada pelo Deputado Federal Hugo Leal, tem o objetivo de agilizar a transferência de infectados para hospitais de referência, localizados em vários pontos do estado do Rio de Janeiro, no combate à doença.

“Com a entrega dessas 42 ambulâncias, nossa estratégia será montar um cinturão de transportes para poder dar conta da demanda, levando pacientes com Covid-19, em qualquer ponto do estado, para as unidades disponibilizadas exclusivamente para o tratamento desta doença”, explicou o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos.

O contrato prevê a entrega de 229 ambulâncias e 93 vans para transporte sanitário. Até o momento, já foram entregues 64 ambulâncias. Neste momento, serão contempladas as seguintes cidades: Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Armação de Búzios, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Itaocara, Aperibé, Cambuci, Santo Antônio de Pádua, Miracema, São José de Ubá, Laje do Muriaé, Itaperuna, Bom Jesus de Itabapoana, Natividade, Porciúncula, Italva, Cardoso Moreira, Varre-Sai, Teresópolis, Nova Friburgo, Sumidouro, Duas Barras, Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro, Macuco, Trajano de Moraes, São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena, Macaé, Conceição de Macabu, Carapebus, Quissamã, Campos dos Goytacazes, São Fidélis, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana.

Outra remessa no ano passado

Em novembro passado, por meio de outra iniciativa, a SES entregou 72 ambulâncias a 47 cidades fluminenses. Os veículos, padrão SAMU 192, foram adquiridos com investimentos estaduais. Cada um era equipado com maca retrátil, cilindros de oxigênio e ar comprimido, imobilizadores, pranchas de resgate, entre outros itens. Na ocasião, só foram contemplados municípios que tinham o serviço habilitado e qualificado pelo Ministério da Saúde. Os furgões da Mercedes-Benz foram adaptados para ambulância de suporte básico ou avançado de vida.

FIQUE POR DENTRO