Novo coronavírus: recomendações para aldeias indígenas

A prevenção, seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, é a melhor forma de enfrentamento ao novo coronavírus, redobrando cuidados com higiene e mantendo-se em casa o máximo possível. No entanto, para funcionarem de forma adequada, as recomendações precisam ser adaptadas à realidade de cada parte da sociedade, com orientações específicas para determinados grupos. É o caso das aldeias indígenas, para as quais a Secretaria de Estado de Saúde preparou nota técnica com informações para proteção e cuidado nos locais.O material visa a orientar os serviços de saúde municipais, garantindo monitoramento dessa população junto à rede e encaminhamento dos casos suspeitos. Também suspende, por tempo indeterminado, as visitas turísticas e de pesquisa aos grupos aldeados do estado do Rio de Janeiro, restringindo o acesso às aldeias, com exceção das equipes de saúde.

Confira todas as recomendações na nota técnica, clicando aqui.

Foto: indígena Akaru Y Tabajara Tapeba, durante a Semana da Saúde de 2019. Créditos: Maurício Bazílio/SES.

FIQUE POR DENTRO