Conselho Federal de Odontologia publica recomendações para atendimentos odontológicos em tempos de COVID-19

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) publicou nesta segunda-feira (16), um manual com Recomendações para atendimentos odontológicos em tempos de COVID-19.

Neste momento em que o mundo volta sua atenção para medidas de precaução e cuidados em saúde, o CFO, apoiado por suas regionais, se compromete em orientar os profissionais de saúde bucal para a realização dos procedimentos odontológicos.

Seguem alguns trechos em destaque:

“No caso de o paciente estar sintomático, desmarcar a consulta e orientar a procurar assistência médica”;

“Evitar aglomeração de pacientes na sala de espera e manter distância de cerca de 1 metro entre eles e se houver algum paciente ou acompanhante com tosse ou outro sintoma respiratório, deverá usar máscara cirúrgica e ser orientado quanto ao uso adequado”;

“Em procedimentos onde serão gerados aerossóis, a máscara de escolha, que oferece melhor proteção deverá ser a N95 ou PFF2 ou respiradores reutilizáveis que deverão ser limpos e desinfetados a cada paciente de acordo com recomendações do fabricante. As máscaras deverão ser trocadas a cada paciente ou mais de uma vez no mesmo paciente quando visivelmente molhadas e a máscara N95 só poderá ser usada por 4 horas”;

“Retirar todos os adereços, como anéis, pulseiras, cordões, brincos e relógios para atender pacientes”;

“Realizar desinfecção rigorosa do consultório (maçanetas, cadeiras, banheiro), com Hipoclorito de Sódio a 0,1% ou Peróxido de Hidrogênio a 0,5% e álcool a 70%”;

 

Clique aqui e veja o manual na íntegra