SES capacita profissionais da Atenção Primária contra o Novo Coronavírus

Com a finalidade de reforçar as ações de enfrentamento contra o Novo Coronavírus, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) promoveu nesta quinta-feira (05/03), em sua sede, mais um workshop para falar sobre o vírus. O tema central do encontro foi Atenção Primária à saúde e contou com a participação de cerca de 50 coordenadores. No primeiro treinamento, a SES qualificou profissionais de hospitais e UPAS.

Atualmente, o estado do Rio de Janeiro possui 112 casos suspeitos da doença, com um confirmado em Barra Mansa. O vírus não está circulando no Rio de Janeiro, contudo o estado está em alerta e os treinamentos fazem parte do plano de contingência de enfrentamento ao coronavírus, permitindo ampliar o campo de ação contra a doença. Em sua fala, a superintendente de Atenção Primária à Saúde da secretaria, Thaís Severino, ressaltou a importância do setor no enfrentamento ao vírus.

“A Atenção Primária assume papel importantíssimo nesse contexto, pois na ponta. Atua na educação em saúde, levando informações às escolas, às empresas e ao comércio. Além disso, faz a classificação de risco, aciona a vigilância e trata o paciente”, declarou Thaís.

O encontro, segundo a gerente de Vigilância Epidemiológica de Maricá, Taísa Encarnação, serviu como um parâmetro de atendimento.

“Essas informações passadas pela SES vão contribuir para normatizar fluxos de atendimento, procedimentos em casos suspeitos e medidas protetivas ao profissional”, ressaltou Taísa.

Gustavo Magalhães, infectologista da SES, abriu o treinamento e fez uma abordagem histórica do coronavírus, suas mutações e as formas de contágio. Ele também destacou os protocolos de atendimento, perfil clínico da doença e as formas de prevenção, como lavar frequentemente as mãos com sabão e uso de álcool em gel.

Já Gabrielle Damasceno, coordenadora de Vigilância Epidemiológica da SES, explicou como foi idealizado o Plano de Contingência da Secretaria, seus níveis de segurança e o papel do estado de sistematizar ações e procedimentos de modo apoiar em caráter complementar os municípios.

FIQUE POR DENTRO